Jovem é brutalmente agredida por dois homens por ser lésbica: “Você quer ser menino? Então vai apanhar igual menino”. Mãe da vítima desabafa: “Fizeram por puro ódio”

Dois homens agrediram covardemente uma jovem de 19 anos em Praia Grande, no litoral de São Paulo.

A vítima foi espancada por ser lésbica. Os agressores colocaram a jovem dentro de um carro e disseram que ela iria apanhar ‘igual menino’.

De acordo com informações da Delegacia da Mulher (DDM), as agressões foram motivadas por homofobia.

Segundo as autoridades, a jovem caminhava sozinha quando foi abordada por dois homens ainda não identificados pela polícia dentro de um Fiat Pálio da cor azul.

Depois da abordagem, eles teriam feito piadas sobre a orientação sexual da vítima e começaram as agressões no meio da rua antes de puxá-la para dentro do veículo.

Inicialmente, os homens perguntaram para a jovem se ela sabia as horas, mas foram ignorados.

Depois de insistir em saber o horário, o agressor que estava sentado do lado do passageiro deixou o veículo e perguntou para a vítima se ‘ela gostava de ser menino’.

Após ser provocada, a vítima respondeu que sim e foi intimada pelos suspeitos a entrar no carro em que eles se encontravam.

Ao resistir à ação, um dos homens deixou o carro e deu um soco na altura das costelas da vítima que também perdeu um dente enquanto era atacada com chutes do lado de fora do veículo.

Ainda segundo a polícia, os suspeitos a arrastaram até o interior do veículo e disseram para a vítima que ela iria ‘apanhar igual a um menino’ enquanto era agredida.

Antes de ir embora, a dupla ainda ameaçou a jovem de morte caso fossem reconhecidos e denunciados às autoridades.

A mãe da vítima afirmou que a orientação sexual da filha e o fato de ela estar usando roupas masculinas foram os fatores que motivaram o crime.

“Um dos caras no carro disse: você é menino? Ela disse, sim, sou menino. Aí ele falou: então você gosta de ser menino? Então você vai apanhar igual menino”, reforça a mãe.

“Graças a Deus não abusaram dela. A sensação foi mais para bater porque ela falou que gostava de ser menino. Por puro ódio, pura revolta. E você se sente mais revoltado ainda por não ter resposta”, desabafa.

Até a publicação deste texto, os agressores permanecem foragidos. A expectativa da família é que ao menos a placa do veículo utilizado pelos criminosos possa ser identificada por imagens de câmeras de segurança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Vídeos: Mais incêndios e desta vez sucata é destruida na Vila Maranhão

qui set 12 , 2019
<div class="at-above-post addthis_tool" data-url="https://petrusnews.com/2019/09/covardes-espancam-jovem-em-sao-paulo-por-ser-homosexual-vai-apanhar-igual-menino/"></div>Segundo infformações a sucata foi totalmente tomada pelo fogo e como, ainda não foi informado. Terceiro incêndio com grandes proporções em São Luis. Veja os […]<!-- AddThis Advanced Settings above via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Advanced Settings below via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Advanced Settings generic via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Share Buttons above via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Share Buttons below via filter on get_the_excerpt --><div class="at-below-post addthis_tool" data-url="https://petrusnews.com/2019/09/covardes-espancam-jovem-em-sao-paulo-por-ser-homosexual-vai-apanhar-igual-menino/"></div><!-- AddThis Share Buttons generic via filter on get_the_excerpt -->