Soldada Alexsandra acumulou de 2017 há 2020, um débito com o Banco do Brasil de
47.921,27, decorrente de pagamento de honorários advocatícios, por conta de uma
ação penal movida em desfavor do Coronel Terra.

Ao tomar conhecimento do estado de saúde que se encontra a jovem soldado Alexsandra
Figueredo Alves(26), em um dos leitos do Hospital Nina Rodrigues vitimada de uma forte.

Crise depressiva, que por três vezes a levou a tentativa de suicídio e pela crise financeira
que a militar atravessa, por conta de um processo em desfavor do coronel Terra.

Monstro que a espancou de maneira covarde e impiedosamente durante dois dias inclusive dentro do
Comando Geral da PMMA, no final de maio, início de junho em 2017.

Militares amigos da
soldado se uniram para ajudar a colega PM.

Em um gesto de humanidade, caridade e amizade a colega de farda. Os PMs estão fazendo
uma campanha de doações de qualquer quantia para ajudar a militar sair da crise financeira
com o banco

.

Alexsandra de 2017 há 2020, acumulou um débito de 47 mil reais com o Banco do Brasil,
decorrente de empréstimos para pagar advogado e resposta da justiça que continua cega sem enxergar a brutalidade que foi submetida a
soldado pelo mostro coronel Terra que lhe espancou durante 02 dias.
Aí perguntamos onde está a justiça?

Cadê a Casa a Mulher Brasileira? Cadê a Secretária da
Mulher!

Onde está entidade Direitos Humanos? Cadê o MP? Todos estão calados com
língua enfiada naquele lugar que todo mundo sabe onde é, mas não vou dizer o nome.

A justiça diante deste bárbaro crime de violência contra a mulher, parece ter emprenhado a
Lei Maria da Penha pelos ouvidos aqui em São Luís-MA e nada fez.

Como repórter investigativo, titular deste site de notícias, quero de público parabenizar os
PMs, pela nobre atitude em fazer uma campanha para ajudar a colega militar, que está
passando por momento difícil.

Deixo aqui o meu apelo a todos os PMs do Maranhão independentemente da patente, que
ajudem está jovem soldada sair desta crise depressiva e financeira que o monstro coronel Terra a colocou.

“Em um Estado com governador sério, este monstro Coronel, estaria preso e expulso da
PM, mas como aqui é Maranhão onde um governador comunista dita as leis e bate o
martelo”. Concluem voluntários

Nada acontece”!

https://sjnoticiasma.blogspot.com/2020/02/ato-humanitario-pms-do-maranhao-se-unem.html

One thought on “Ato humanitário! PMs do Maranhão se unem para tirar colega militar de crise depressiva e financeira

  1. É um ato desumano uma falta de Respeito do poder, público,da justiça,do próprio comando da PM,deixar esse caso em pune temos que acionar o diretos humanos..a Drª Carol que é Representante do aqui no Maranhão pra que isso não aconteça com outras mulheres.são tantos crimes contra as mulheres temos que dar um basta nisso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

O Italiano Catalani é assassinado com dois tiros em Paço do Lumiar MA

qua fev 19 , 2020
<div class="at-above-post addthis_tool" data-url="https://petrusnews.com/2020/02/ato-humanitario-pms-do-maranhao-se-unem-para-tirar-colega-militar-de-crise-depressiva-e-financeira/"></div>Um italiano identificado como Alfredo Catalani, de 69 anos, foi assassinado com dois tiros dentro do sítio onde morava na Estrada da Maioba, em Paço […]<!-- AddThis Advanced Settings above via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Advanced Settings below via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Advanced Settings generic via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Share Buttons above via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Share Buttons below via filter on get_the_excerpt --><div class="at-below-post addthis_tool" data-url="https://petrusnews.com/2020/02/ato-humanitario-pms-do-maranhao-se-unem-para-tirar-colega-militar-de-crise-depressiva-e-financeira/"></div><!-- AddThis Share Buttons generic via filter on get_the_excerpt -->