Aparelho que não funciona

Denúncias chegam ao blog dizem que

“Em 2018 o governador Flávio Dino veio a cidade de São José de Ribamar.

E então a prefeitura de Ribamar pincelou, forjou a maternidade de Ribamar com alguns aparelhos de UTI neonatal tudo para que o governo o governador olhasse que tudo estava funcionando.

Tudo mentira, tudo lavagem de dinheiro. Na maternidade de São José de Ribamar existe uma sala com vários leitos de UTI neonatal que nunca funcionou, esta sala era trancada, cheia de material hospitalar neonatal.

Segundo informações os aparelhos estão no centro cirúrgico sem utilização alguma.

Esses equipamentos são equipamentos de UTI neonatal para estabilizar o bebê se necessário.

E foi montado uma sala de estabilização, essa sala era montada na maternidade depois que o governador fez a visita foi tudo desmontado e agora estão guardados em uma sala no centro cirúrgico sem utilidade nenhuma.

E o governador acha que esta sala funciona ali na maternidade São José de Ribamar, tudo mentira não contratam os profissionais médicos de UTI neonatal, enfermeiro de UTI neonatal, técnicos de UTI neonatal porque sairia caro então equipamento estão lá se acabando sem utilidade e quando um bebê nasce e precisa de uma UTI neonatal é transferido nas pressas para o Juvêncio Matos o hospital da criança isso quando tem leite disponível.

Na época era para funcionar, pois a maternidade de São José de Ribamar precisa de uma UTI neonatal pois muitos bebês vão a óbito por falta de uma UTI neonatal e a maioria desses óbitos é omitido, eles não divulgam com medo de represálias.

Equipamentos sem utilização

“Pedimos ao ministério público uma investigação séria nessa prefeitura de Ribamar, pois aqui muita gente cresce financeiramente, lavagem de dinheiro.

O hospital e maternidade de São José de Ribamar é uma tristeza é uma calamidade e agora com esse vírus era para ser um hospital de referência da cidade se não fosse a corrupção.

Na maternidade de São José de Ribamar iniciou uma construção de um setor bem amplo que era para funcionar a casa de parto.

E como eles colocaram lá então todo ano essa casa de parto é para ser inaugurada, e todo ano vem verba para construção dessa casa de parto e nunca eles inauguram é só embolsando dinheiro.

E não há necessidade dessa casa de parto aqui na maternidade de São José de Ribamar, é necessário sim ampliar o hospital para atender com mais qualidade os pacientes, advindos de todos os interiores na redondeza.

Nessa maternidade existem várias enfermarias desativadas por falta de manutenção e ar condicionado mas para o governador ali tudo funciona conforme era para funcionar”

E agora com esse coronavirus lá onde era para ser a casa de parto, era para funcionar uma unidade de referência para tratar as vítimas do Covid 19, era para existir todas as salas dessa casa de parto montada com respiradores para atender os pacientes tudo lavagem de dinheiro.

Então é assim que funciona as coisas aqui nesse hospital São José de Ribamar e nessa maternidade, o povo sofre, paciente sofre, tem dia nesse hospital e nessa maternidade que não tem nem álcool, nem luva.

Só fachada

“Essa enfermaria aí é uma enfermaria da maternidade está caindo todo o reboco e isso trando as paredes sem falar do corredor que o teto está tudo em filtrado fica pingando água um corredor que dá acesso hospital de emergência a maternidade é um corredor central”.

Parede de enfermaria da maternidade

Para os profissionais trabalhar com segurança, uma pouca vergonha o hospital e maternidade tão grande, mas mal administrado, muita roubalheira, muito desvio de dinheiro constantemente na farmácia não tem medicação, não tem antibiótico não tem antitérmico não tem nada”. Finaliza indignada a fonte da denúncia.

Hospital São José de Ribamar administrado pelo uma empresa de nome UNIR SAÚDE essa empresa os funcionários entram de férias só recebem as férias depois de 2 3 4 meses voltam a trabalhar e as férias não é depositado.

“Essa empresa é do Rio de janeiro administrada uma diretora de nome Fabíola.

Então o blog em nome de toda população pede ao governador Flávio Dino que olhe essa situação e solicita visita do ministério público, pois são denúncias muito graves que facilmente serão caso de polícia.

Infiltração em todo ambiente

Respirador que não funciona

Colchão molhados por água do ar condicionado

Condições do ar condicionado que fica na sala de emergência 👇

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Em menos de uma semana, três militares morrem em São Luís por novo coronavírus

sáb abr 25 , 2020
<div class="at-above-post addthis_tool" data-url="https://petrusnews.com/2020/04/denuncias-contra-gestao-rubamarense-continua-chegando-ao-blog-saude-um-caos/"></div>Os nossos guerreiros e heróis militares estão adoecendo e morrendo, notadamente em São Luís, vencidos pela Covid-19. Assim como muitos trabalhadores também heróis da saúde […]<!-- AddThis Advanced Settings above via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Advanced Settings below via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Advanced Settings generic via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Share Buttons above via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Share Buttons below via filter on get_the_excerpt --><div class="at-below-post addthis_tool" data-url="https://petrusnews.com/2020/04/denuncias-contra-gestao-rubamarense-continua-chegando-ao-blog-saude-um-caos/"></div><!-- AddThis Share Buttons generic via filter on get_the_excerpt -->
Em menos de uma semana, três militares morrem em São Luís por novo coronavírus