A mãe do pequeno Mike Jonathan da Silva Sousa, a senhora Maria Janaína dos Santos e Familiares, entraram em contato com a direção deste blog na manhã desta terça-feira (21), relatando a situação do seu filho e pedindo que contassémos sua história.Segue a narração dos fatos

“Mike Jonathan da Silva Sousa está internado há mais de um mês no hospital Juvêncio Matos. O bebê nasceu prematuro na maternidade Benedito Leite e de lá foi transferido para UTI Neo da Juvêncio Matos”.

Porém na semana passada, a criança desceu pra enfermaria porque não havia mais necessidade de permanecer na UTI, pois o mesmo já estava bem recuperado, esperando apenas ganhar mais peso para ter alta.No dia 11 de abril, foi constatado que ele estava gripado, foram realizados alguns exames e o parecer da equipe médica foi de que era o início de uma pneumonia, daí, começou o tratamento com antibióticos.Após 3 dias da suposta pneumonia, constataram que o tratamento não estava fazendo efeito e o quadro clínico da criança apenas regrediu”.

A mãe Maria Janaína de Sousa, pediu à equipe médica, que diante do atual cenário que estamos vivendo, fosse feito o teste da covid-19, mas o pedido não foi atendido, segundo os médicos não seria necessário, pois lá não havia ninguém infectado”.”E 6 dias após o pedido da mãe, começaram a suspeitar do vírus Covid-19. Só então que fizeram o teste, mas o resultado só sai depois de 7 dias.” Maria Janaína estava acompanhando a criança e eles não recebiam visitas e nem saíam. Os únicos que saíam e entravam o tempo inteiro, eram os profissionais da saúde”.

Segundo informação dada por médico, um raio-x mostrou que o pulmão está com uma mancha e ela está ocupando boa parte do órgão. Deram início ao tratamento para combater o possível corona vírus, com o antibiótico Azitromicina.Em informação passada pelo hospital para a mãe, já foi feito o pedido de transferência do bebê para o Carlos Macieira, mas o Juvêncio Matos alega que o Carlos Macieira não tem leito disponível.Primeira denúnciaA família implora por socorro das autoridades competentes.

Nos contou o familiar, que “No dia 15 de março, nasceu Mike Jonathan, de 7 meses, no consultório médico, a mãe nem chegou a ir para a sala cirúrgica.”Nascido, ele, precisava de cuidados específicos, pois sua respiração era muito fraca.”Ele precisava uma UTI neonatal, foi transferido para o Juvêncio Mattos em São Luís.”Lá no referido hospital, disseram que somente a mãe poderia ficar com o bebê e que se ela saísse, não poderia mais entrar.”O pai não poderia ver e o bebê, não receberia visita para não pôr-lo em risco por conta da covid-19.”A família compreendeu e mesmo com o coração partido, aceitaram.”O bebê progrediu a cada dia, já estava esperando só completar os 2,5kg para ir pra casa.”Semana passada, o bebê simplesmente gripou. Disseram que era uma gripe normal e não fizeram nada, além de exames de sangue normal.”A situação se agravou e começaram a mencionar uma pneumonia, e deu início à um tratamento com antibióticos.”Não fazendo efeito, fizeram o teste do covid-19 que só sai em 7 dias. Agora, a pergunta que não quer calar:Quem transmitiu o vírus para ele? Porque a mãe que está lá, não saiu e não pode, os únicos que entram e saem quando querem, são os médicos e enfermeiros que têm acesso livre”.Pediram a transferência do bebê para o hospital Carlos Macieira e alegam não ter leito. (UMA VEZ QUE A CRIANÇA ENCONTRA-SE NA INCUBADORA, SERIA NECESSÁRIO UM LEITO?)

Então diante de uma situação tão inusitada e delicada o blog pede ao secretário da Saúde do Estado, o senhor Carlos Lula que resolva com máxima presteza esse dilema.Uma vez que se trata de um incapaz que não pode opinar e está sofrendo e correndo risco de vida.Ciente da sua competência e interesse pela saúde em geral ficaremos no aguardo da resolução do Grave problema.Os familiares estão em Pânico e não suporta mais tamanha angústia.

“O recém nascido precisa de uma tomografia e o hospital não tem o equipamento, o que torna mais urgente a transferência do incapaz””Na enfermaria onde o baby estava começou apresentar o cansaço que evoluiu para uma pneumonia, e só então após sete dias desse quadro que fizeram o teste, que leva sete dias pra sair o resultado e a família está desesperada. Contínua a familiar.”O hospital Carlos Macieira alega não ter suporte pra receber este incapaz vítima de um sistema de saúde lento e negligente, Juvêncio Matos não quer liberar regulação de leito e só alega que o Macieira não tem leito”

Virginia PetrusRP 1903/MA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Imprensa em Luto - jornalista da Mirante Roberto Fernandes faleceu vítima de Coronavírus

ter abr 21 , 2020
<div class="at-above-post addthis_tool" data-url="https://petrusnews.com/2020/04/urgente-familia-de-bebe-com-suspeita-de-coronavirus-pede-socorro-ao-secretario-da-saude/"></div>É com profundo pesar que este Blog informa o falecimento do jornalista e radialista Roberto Fernandes, o grande atleta da AABB, ex-presidente do Moto Club […]<!-- AddThis Advanced Settings above via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Advanced Settings below via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Advanced Settings generic via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Share Buttons above via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Share Buttons below via filter on get_the_excerpt --><div class="at-below-post addthis_tool" data-url="https://petrusnews.com/2020/04/urgente-familia-de-bebe-com-suspeita-de-coronavirus-pede-socorro-ao-secretario-da-saude/"></div><!-- AddThis Share Buttons generic via filter on get_the_excerpt -->