Na noite desta quarta-feira (09), infelizmente aconteceu uma tragédia em uma clínica veterinária no bairro do Monte Castelo.

Vítima do “veterinário”

Tragédia esta que vitimou um cliente que se sentia insatisfeito e deixou isso muito claro. E nota-se que a intolerância além do descontentamento do atendimento pode ter sido a causa do fatídico

A liberdade de expressão é garantida por lei, qualquer pessoa pode filmar ambiente público, qualquer cidadão pode relatar a sua insatisfação em um vídeo ou em um áudio.

A intolerância diante da filmagem gerou a agressão e consequentemente a violência seguida de morte.

Qual foi o cliente que não já se sentiu igualmente á vítima? quem nunca levou um animal ao  veterinário e percebeu que o mesmo estava mais preocupado no pagamento do que na saúde do bicho?

Quem se sente satisfeito ultimamente consultando em qualquer segmento da saúde pública ou privada em São Luís?

Seja em área médica, odontológica, o mesmo de medicina veterinária?

O que temos ultimamente? ZERO, qualidade de atendimento para animais onde deveria ser gratuito ou taxa simbólica, o cliente tem que desembolsar consulta para o animal, custear exames caríssimos que deveriam ser gratuitos.

Na UEMA por exemplo, o animal deveria contar com acomodações e condições de internação como antes ocorria entre outras claras atitudes tomadas diante do capitalismo selvagem.

Em termos de saúde humana, você tem desconto, você que é funcionário público, em seu contracheque aposentado ou não, e quando chega a hora do vamos ver você precisa se espor às 4 horas da manhã para pegar senha em qualquer instituição de saúde pública.

Se você se atrasar um minuto você perde de pegar a senha consequentemente não será atendido, e essa atitude forçam muitos apelarem para a máfia dos planos de saúde que, capitalistas, também só vêem o paciente como uma fonte de renda lucrativa.

Clientes são tratados de forma desrespeitosa, negligente e o volume de pessoas nos consultórios particulares?

Quem consegue receber um olhar de compaixão de um médico hoje em dia de qualquer que seja a medicina?

Os planos de saúde ganharam uma força muito grande em São Luís e talvez no Maranhão ou até no Brasil, e as pessoas não estão se dando conta que elas estão pagando o governo e a instituição privada no caso a máfia do plano de saúde para serem maltratadas, negligenciadas, usurpados dos seus direitos que conquistaram pagando.

Muito se vê pessoas simplórias, ingênuas, implorando um atendimento pelo SUS quando elas não sabem o que significa o SUS e pensam que os médicos estão fazendo caridade.

Por desinformação, uma vez que não sabem que o sistema único de Saúde envia milhões ou bilhões para saúde dos municípios e até do Estado e o atendimento que eles têm na rede pública é muito bem pago para os médicos enfermeiras e até quem limpa o chão, diga- se de passagem, uma vez que aquela ficha que você preenche no hospital público não é com certeza para comprovar seus problemas, mas sim para o médico poder provar na estatística que ele te atendeu para poder receber pela consulta, então meu amigo minha amiga você é o patrão, ninguém faz nada para você de graça.

Muitos também que recorrem a atendimento em rede ignoram por exemplo que aqueles funcionários recebem insalubridade, para o caso de eles adoecerem para se manterem ali naquele lugar eles têm um recurso, então nem a ida do médico ao hospital é de graça porque até insalubridade é paga meu caro leitor.

Diante do exposto, como não teremos pacientes indignados, revoltados, se sentindo apenas objetos usados para enriquecimento de milhões aos cofres dos planos de saúde ou mesmo do governo?

Voltando à medicina veterinária, quem percebeu por parte de uma grande maioria desses médicos uma atenção verdadeiramente humanizada para com esses clientes animais?

Veja bem, recebo queixas de clientes que dizem que os seus animais são tratados negligentemente, não recebem um atendimento personalizado.

Pagam centenas de reais na esperança de que seus animais fiquem curados e no entanto eles são mandados para casa doentes para morrerem com resultados de exames obsoletos e isso não é para revoltar?

E se fosse o contrário nesta quarta-feira (09) ? E se o cliente tivesse entrado armado e matado veterinário?

Será que esse cliente seria execrado ou será que ele receberia apoio em massa nas redes sociais?

Se você fizer uma pesquisa ou uma enquete, terá com certeza a resposta sobre a realidade atual das clínicas veterinárias, que viraram instituições capitalistas e animais apenas objeto de enriquecimento.

Deixamos o nosso repúdio a atitude deste veterinário, nossas condolências à família da vítima que certamente reclamou com razão e resolveu filmar e provar o que estava acontecendo naquele momento.

Mas que foi impedido pela violência e pela intolerância daqueles que estão acostumados abusar dos clientes com preços exorbitantes e serviços de péssimas qualidades sem serem freados por fiscalização alguma.

Alguns sugerem em grupos de WhatsApp por exemplo que está na hora do legislativo maranhense criar leis e que sejam aprovadas estas leis que beneficiem os clientes.

Se faz necessário urgentemente quebrar o monopólio dos planos de saúde, das famosas clínicas particulares e hospitais que detém o poder de prestação de serviços.

Detalhe: Desde o início deste Setembro, que os planos de “saúde”, criaram um sistema de “token” que significa uma senha de números ridícula e que o cliente só é notificado quando já está nos consultórios, certos do atendimento.

E onde a terrível dor no dente é minimizada até que a atendente do dentista consiga esta maldita senha e consiga inserir na ficha no computador, atendentes estas que não foram treinadas pelo plano de saúde para o procedimento.

Elas simplesmente ficam igual barata dentro do consultório sem saber por onde começar porque a novidade para elas também.

Treinamento para quê? Quem se importa com os simples mortais que estão ali precisando daquele serviço? É o Maranhão das discrepância e do abuso com quem estamos de frente.

Quando mudou isso, alguém lembra dos tempos mais antigos?

Onde os funcionários públicos por exemplo chegavam no hospital do Ipem, e simplesmente marcavam suas cirurgias sem precisar ligar para ninguém, apenas se dirigiram até lá marcavam, consultavam operavam iam para casa tudo na paz e na ordem.

Acorda Brasil acorda Maranhão estão manipulando tudo contra vocês, contra nós, todo mundo caladinho, e foi necessário que todo este desgaste de anos causasse essa tragédia para que este assunto viesse a baila.

E que isto venha valer também para as clínicas veterinárias onde muitos em grupo de WhatsApp tem discutido que não passam de clínicas compostas por “médicos” que nem sequer gostam de animais.

“Estão ali como médicos veterinários para ganharem dinheiro”. disse uma vítima.

Virou indústria pra fazer dinheiro fácil às custas de pessoas desesperadas com os estados de saúde críticos do seus animais domésticos e amados.

Chega dessa proposta capitalista que foi introduzida em nossa sociedade de forma bem discreta e sutil e foram tomando conta de tudo sem que ninguém se desse conta.

Então fica a sugestão de pauta aqui para os nossos legisladores da Assembleia  e também da Câmara Municipal.

E algo precisa ser feito antes que mais clientes revoltados indignados morram nas mãos de supostos criminosos travestidos de “médicos” ou “veterinários”.

Quem esqueceu do vídeo do médico que encheu um paciente de chutes e pontapés em um hospital público aqui mesmo no Maranhão? E que viralizou nas redes sociais.

E neste último caso dos animais a pergunta que não quer calar é: Por quê a Universidade estadual do Maranhão (UEMA) privatizou o hospital veterinário?

Porque ao invés do hospital está nas mãos do governo está nas mãos de pessoas que não tem compromisso com a população que conta com o “governo eleito pelo povo”?

Essas discrepâncias tem passado batido e vieram à tona neste momento trágico onde a vítima do Monte Castelo terá deixado esse legado.

Que haja mudança, que legislem urgente, pois a população não aguenta mais pagar gato 🐈 por lembre 😝

Decidimos inserir os vídeos para maior reflexão dos legisladores, e se a vítima fosse um familiar seu, nobres deputados e nobres vereadores? precisava esperar chegar a esse ponto para começar a repensar as mudanças na saúde para beneficiar de verdade o povo? Quem é réu de juízo pela morte desse rapaz?

Virgínia Petrus

RP 1903/MA

Atualizando nesta sexta-feira 11

Suspeito de assassinar empresário a tiros em clínica veterinária de São Luís se entrega à polícia
Em depoimento à polícia nesta sexta-feira (11), o médico veterinário Daniel Leite Cardoso, de 35 anos, confessou a autoria do crime.

Empresário foi morto após discussão sobre valor de procedimento médico em animal de estimação.

O suspeito de assassinar a tiros um empresário dentro de uma clínica veterinária no bairro Monte Castelo, em São Luís, se entregou à Polícia Civil na tarde desta sexta-feira (11).

Em depoimento, o médico veterinário Daniel Leite Cardoso, de 35 anos, confessou a autoria do crime.

A polícia havia expedido um mandado de prisão temporária de 30 dias contra o suspeito. Segundo a polícia, ele chegou à sede da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), acompanhado de um advogado e entregou a arma usada no homicídio. O revólver possui registro.

Daniel Leite, segundo a polícia, é frequentador de clube de tiro e possui licença para porte de arma. Além disso, o suspeito possui duas passagens na polícia por dano e uma por ameaça.

De acordo com Leônidas Santos Sousa, advogado de defesa de Daniel Leite, ele teria efetuado os disparos após ter sido agredido pela vítima e não tinha a intenção de assassinar o empresário.

“Ele narrou que naquele dia teria tido uma discussão muito forte, ele teria sido agredido pela vítima conforme consta no circuito interno de TV, e ele reagiu a agressão.

Ele disse que não tinha a intenção de tirar a vida de ninguém, afinal ele não conhecia a pessoa e não tinha inimigos”, disse o advogado.

Após prestar depoimento, Daniel Leite Cardoso foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) para a realização de exames de corpo de delito.

Em seguida, ele foi levado para o Centro de Triagem do Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

O caso ainda continua sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da Área Oeste de São Luís.

Entenda o caso
O empresário José Eduardo Viegas Costa, de 39 anos, foi assassinado com nove tiros dentro de uma clínica veterinária no bairro Monte Castelo, em São Luís, na noite de quarta-feira (9). O suspeito de praticar o homicídio é o médico veterinário Daniel Leite Cardoso, que prestava serviços à clínica.

Ele fugiu após o crime.
Segundo a Polícia Civil, a motivação do crime teria sido uma discussão entre a vítima e o veterinário, por causa do valor de um procedimento feito em um gato de estimação e do pedido de uma nota fiscal.

O empresário teria reclamado do preço cobrado pelo procedimento.

As investigações apontam que ambos teriam chegado a um acordo sobre valor, mas após o empresário ter exigido a nota fiscal, o médico veterinário afirmou que não poderia imprimir a nota no momento.

A vítima teria exigido a nota fiscal e os dois voltaram a discutir. Em seguida, o suspeito efetuou os disparos contra o empresário.
De acordo com o delegado George Marques, da SHPP, no momento do crime o empresário estava acompanhado com a companheira, que também foi atingida por um tiro na mão, mas não corre risco de vida.

José Eduardo ainda chegou a ser socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu aos ferimentos e foi a óbito ainda no local. Ele foi velado e enterrado na quinta-feira (11), em São Luís.

Virgínia Petrus

RP 1903/MA

One thought on “Vídeos: intolerância pode ter sido causa de assassinato em clínica veterinária no Monte Castelo/ Suspeito preso

  1. So achei leviano dar razao à vitima antes de ouvir o outro lado, segundo relatos o cliente gritou, filmou e agrediu violentamente o profissional , este que num momento de descontrole, o que nao justifica, claro, o matou.
    Nada justifica ter tirado a vida do menino, deixo claro, porém xingar e agredir fisicamente alguém é inadmissível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Pai agride filha de 16 anos por ser Homossexual

qui set 10 , 2020
<div class="at-above-post addthis_tool" data-url="https://petrusnews.com/2020/09/videos-intolerancia-pode-ter-sido-causa-de-assassinato-em-clinica-veterinaria-no-monte-castelo/"></div>Uma adolescente de 16 anos relatou que foi espancada pelo pai, pelo fato dela ser lésbica. O crime aconteceu na tarde de quarta-feira 09/09, na […]<!-- AddThis Advanced Settings above via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Advanced Settings below via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Advanced Settings generic via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Share Buttons above via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Share Buttons below via filter on get_the_excerpt --><div class="at-below-post addthis_tool" data-url="https://petrusnews.com/2020/09/videos-intolerancia-pode-ter-sido-causa-de-assassinato-em-clinica-veterinaria-no-monte-castelo/"></div><!-- AddThis Share Buttons generic via filter on get_the_excerpt -->