A paciente está hospitalizada no Centro Médico, sendo que já recebeu o primeiro atendimento no hospital Portuguez na rua do passeio em São Luís.

Hospital Portuguez

Nesse hospital foi realizada uma tomografia, onde até às (04) horas da manhã de domingo (30/05), ainda não havia sido laudada, a família diante do quadro incessante de dor e vômito acordou a médica de plantão pra saber o resultado da tomografia, esta respondeu que não sabia pois isso era com a recepção, onde a recepcionista foi acordada e disse que a tal da dra Natália daria o laudo pela manhã.

“Que é procedimento padrão o radiologista dá o laudo on-line”, isto quando acordado obviamente.

A médica diante da situação da paciente e sem ter recursos pra ler a tomografia, deu o encaminhamento para o hospital que tivesse um leito disponível no caso, o Centro Médico.

O blog recebeu denúncia de que a paciente, Lara Beatriz de 16 anos, que se encontra hospitalizada há  três dias no hospital Centro Médico em São Luís, está sendo tratada com descaso diante de  crises recorrentes de dores e vômitos, onde não acham um diagnóstico plausível com sua condição.

O hospital alega que estão aguardando a chegada da médica responsável pelo caso para solicitar exames, mas esta não atende fora do seu horário de visita aos pacientes, que só acontece pela manhã, é muito estrelismo pro meu gosto.

O médico responsável pela urgência e emergência também é o mesmo que dá atendimento à área destinada a pacientes com covid e aos internos de outras doenças, o que é desumano, pois a enfermeira que busca este médico pra fazer a solicitação da medicação ao paciente, precisa acessar a área da Covid, levando o risco de contaminação para os pacientes eletivos.

A mãe da adolescente se encontra em desespero a ter que presenciar a filha sendo tratada de forma desumana, uma vez que os sintomas não estão sendo investigados e nem levados a sério.

“Os médicos passam vários remédios que fazem com que minha filha tenha mais crises de vômitos e, não buscam solucionar a situação através de exames que o hospital se nega solicitar”, afirmou a mãe da paciente.

Deixamos aqui o nosso repúdio a toda classe que considera irrelevante um doente que não tenha Covid, esssa que parece ser uma máfia, precisa ser desarticulada, atenção MP, e demais autoridades que tenham como prioridade a VIDA.

Esses hospitais precisam de fiscalização constante, porque internar é fácil, garantia de diária paga, mas deixar o paciente de lado como se sua dor não importasse é desumano.

Fazemos um apelo A Sociedade Humanitária 1º de Dezembro, presidida pelo José Maria Alves da Silva, que melhor fiscalização ocorra nas madrugadas de quem sofre naquela casa de saúde tão estimada pelos maranhenses, que é o Hospital Português.

E ao presidente ou diretor do centro médico pedimos mais controle e fiscalização, pois na época dos fundadores Expedito Aguiar Bacelar e Lourival Gomes Bogéa, não ouvíamos muito sobre descaso ou ausência de radiologista, pois os mesmos eram dedicadissimos ao que faziam alí, e tenho certeza que isso não é um procedimento padrão em ambos os hospitais, mas mem por Isso deixaremos de reportar tamanho descaso com a paciente menor de 16 anos em ambos.

Esperamos que não só este caso, mas todos venham ser resolvidos, pois em tempos de pandemias, não devemos minimizar mal algum, e a humanidade acima de toda negligência.

NB- Temos outras denúncias de pacientes que necessitam de cirurgia eletiva na ilha, sem o atendimento devido ao Covid ser prioridade* no momento, então a pessoa pode ficar parecendo com endometriose por exemplo e tudo bem? Senhoras idosas sofrendo por erro médico e por aí vai, estaremos fiscalizando, uma vez que os órgãos e autoridades competentes se recusam.

A VIDA importa independente do diagnóstico, e todos têm os mesmos direitos aos recursos públicos ou privados.

Virginia Barroso

RP 1903 MA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Astro de Ogum se reúne com Flávio Dino pra debater sobre São Luís e suas necessidades sociais

seg jun 7 , 2021
<div class="at-above-post addthis_tool" data-url="https://petrusnews.com/2021/06/hospitais-particulares-de-sao-luis-tratam-com-desdem-paciente-sem-covid/"></div>DEBATENDO SÃO LUÍS Terminou ainda pouco, na sede do Executivo Estadual, uma reunião em que o vereador Astro de Ogum (PCdoB), decano no Parlamento Municipal […]<!-- AddThis Advanced Settings above via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Advanced Settings below via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Advanced Settings generic via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Share Buttons above via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Share Buttons below via filter on get_the_excerpt --><div class="at-below-post addthis_tool" data-url="https://petrusnews.com/2021/06/hospitais-particulares-de-sao-luis-tratam-com-desdem-paciente-sem-covid/"></div><!-- AddThis Share Buttons generic via filter on get_the_excerpt -->